"SE ERRAR, SERÃO QUATRO ANOS DE SOFRIMENTO"

Presidente da Comissão Nacional de Proteção Animal da OAB, Reynaldo Velloso, defende voto consciente para garantir tratamento adequado aos bichos.

Por: Sabrina Pires

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
Reynaldo Velloso, presidente Comissão Nacional Proteção Animal OAB

Reynaldo Velloso, presidente Comissão Nacional Proteção Animal OAB

Reynaldo Velloso é um otimista. A frente da Comissão de Proteção Animal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Nacional e no Rio de Janeiro, ele acredita que a sociedade está pronta para respeitar mais o direito dos bichos. "Acho que a gente está avançando muito e tenho a esperança que em pouco tempo teremos grandes resultados". 


E nesse ponto, o advogado chama a atenção da responsabilidade do cidadão como eleitor: “legislativo é quem faz a lei, sem isso não adiantar chorar nas redes sociais. Se errar agora, serão quatro anos de sofrimento”. Por isso, ele sugere pesquisa antes de votar.


Além de leis, ele também entende tecnicamente dos animais. Velloso é formado também em biologia e avalia que ainda faltam aos governos estaduais e municipais políticas públicas que contemplem não só vacinação e castração, mas um programa de educação e conscientização.

"Nossa causa é uma causa de amor e não de rancor, entã,o pode demorar, mas tem força e a gente vai chegar lá".

"É importante que a gente plante sementes nas próximas gerações na relação com os animais de amor e respeito, portanto, a gente acredita muito na criança. Quem pode evoluir e pode mudar tudo dentro de casa é a criança". diz  ele.


O recado de Velloso, apesar de cheio de leis e histórias, é simples: ”nossa causa é uma causa de amor e não de rancor, entã,o pode demorar, mas tem força e a gente vai chegar lá".

Eleições

Siga-nos nas Redes Sociais

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Youtube Branco
  • Ícone do Instagram Branco

©2020 por UX DEC - Criado com Wix.com

e-mail: contato@eaibicho.com.br               website: www.eaibicho.com.br